Acontece

Laboratórios da UFU são aprovados em chamada de financiamento

Rebir e Relam receberão apoio financeiro para melhorias de infraestrutura
Túlio Daniel
05/09/2022 - 00:00 - atualizado em 09/09/2022 - 13:33
Microscópio de varredura a laser confocal é um dos equipamentos da Relam. (Foto: Arquivo Propp)

 

A Rede de Biotérios de Roedores (Rebir) e a Rede de Laboratórios Multiusuário (Relam) da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Uberlândia (Propp/UFU) foram aprovadas, em uma proposta conjunta, na Chamada Pública Ambientes Controladores e Salas Limpas da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O objetivo da chamada é selecionar propostas para a concessão de apoio financeiro para implantação, adequação e melhoria de infraestruturas de ambientes controlados e salas limpas para desenvolvimento de pesquisa. O projeto proposto pela UFU ficou entre os 20 primeiros mais bem colocados.

O projeto busca uma melhor adequação de áreas limpas para a manutenção segura de células de mamíferos (humanas e animais) e de agentes infecciosos em modelos animais. “Parte da verba será utilizada para a construção de um biotério e de um laboratório de nível de biossegurança 3 (NB-3), o que abrirá possibilidades do desenvolvimento de estudos com patógenos emergentes da classe de risco 3, seguramente manipulados, atendendo a uma demanda crescente de pesquisadores”, explica Rafael Borges, coordenador do Rebir.

 

Os laboratórios

 

A Rede de Biotérios de Roedores da UFU produz ratos e camundongos para pesquisas. Ela atende, de forma gratuita, a toda comunidade acadêmica da universidade, previamente qualificada pela Comissão de Ética na Utilização de Animais (Ceua), com o fornecimento de animais, estrutura física e insumos necessários à realização das pesquisas.

Já a  Rede de Laboratórios Multiusuários (Relam) é um espaço de integração que agrega equipamentos multiusuários, estimulando a cooperação por meio de compartilhamento dos mesmos e de suas instalações físicas, otimizando o uso de recursos e o custo-benefício da manutenção de infraestruturas necessárias para o funcionamento de tais equipamentos. Ambas as Redes são vinculadas à Propp.

 

Todas as pesquisas promovidas pela Rebir são aprovadas pela Comissão de Ética na Utilização de Animais (Ceua/UFU). (Foto: Fabiano Goulart)

 

Com a aprovação no edital, os laboratórios da Propp conseguirão mais investimentos para continuar suas produções e pesquisas científicas. “Em conjunto, tanto a reforma e adequação do biotério da Rebir, quanto a construção de uma área NB-3, irão alavancar e proporcionar uma pesquisa científica de alta qualidade e competitividade para a universidade”, conclui Borges. O resultado com todos os aprovados na Chamada Pública está disponível no site da Finep.

 

* Via Comunica UFU

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

Texto original: https://comunica.ufu.br/node/21361