equipamentos

CT-INFRA
03/03/2015 - 16:36 - atualizado em 08/06/2017 - 10:02

Criado para viabilizar a modernização e ampliação da infraestrutura e dos serviços de apoio à pesquisa desenvolvida em instituições públicas de ensino superior e de pesquisas brasileiras, por meio de criação e reforma de laboratórios e compra de equipamentos, entre outras ações. Fonte de Financiamento: 20% dos recursos destinados a cada Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Público Alvo:

As instituições passíveis de utilização de recursos do Fundo de Infra-Estrutura - CT-INFRA são as seguintes:

Demais informações entrar em contato pelo e-mail: marcelojose@ufu.br e dirpe@ufu.br
03/03/2015 - 14:27 - atualizado em 03/03/2015 - 14:27
Há problema se o item que está na proposta enviada não estiver bem especificado na proforma?

Muitas vezes ocorrem variações no texto de especificação apresentados na proposta e o texto apresentado na proforma, entretanto o item que estiver no orçamento deverá atender ao que está descrito na proposta que foi enviada a FINEP. Somente poderá ser feita alteração de item após solicitação de remanejamento financeiro à agência de fomento e recebimento da aprovação da entidade.

03/03/2015 - 14:26 - atualizado em 03/03/2015 - 14:26
Caso o dólar aumente, posso comprar outro equipamento de menor valor?

Não. O item que estiver no orçamento deverá atender ao que está descrito na proposta que foi enviada a FINEP. Somente poderá ser feita alteração de item após solicitação de remanejamento financeiro à agência de fomento e recebimento da aprovação da entidade.

03/03/2015 - 14:25 - atualizado em 03/03/2015 - 14:25
Caso a cotação do dólar diminua, posso comprar mais de um equipamento?

Não. O item que estiver no orçamento deverá atender ao que está descrito na proposta que foi enviada a FINEP. Somente poderá ser feita alteração de item após solicitação de remanejamento financeiro à agência de fomento e recebimento da aprovação da entidade.

03/03/2015 - 14:23 - atualizado em 03/03/2015 - 14:23
Podemos alterar a categoria de um item de importado para nacional, ou vice versa?

Sim, desde que tenha características semelhantes e que não ultrapasse o valor da proposta enviada. Para isso, o coordenador do subprojeto deverá solicitar formalmente ao Departamento de Projetos de Pesquisa o remanejamento financeiro do projeto – trocando um item de uma categoria por outra.

03/03/2015 - 14:22 - atualizado em 03/03/2015 - 14:22
Pode-se solicitar compra de itens não especificados na proposta original do projeto?

Não. O item que estiver no orçamento deverá atender ao que está descrito na proposta que foi enviada a FINEP. Recomenda-se, inclusive, que não se coloque modelo ou marca quando for feita a proposta para ser enviada. Somente poderá ser feita alteração de item após solicitação de remanejamento financeiro à agência de fomento e recebimento da aprovação da entidade.

03/03/2015 - 14:19 - atualizado em 03/03/2015 - 14:19
Um item originalmente especificado na proposta do projeto saiu de linha. Posso comprar outro?

Sim. No caso de um item ter saído de linha não há problema quanto à troca por outro, desde que tenha características semelhantes e que não ultrapasse o valor da proposta enviada. Para isso, o coordenador do subprojeto deverá solicitar formalmente ao Departamento de Projetos de Pesquisa a alteração de itens.

03/03/2015 - 14:16 - atualizado em 03/03/2015 - 14:16
Esse procedimento de compra dos itens das propostas enviadas é por meio de Licitação?

Facultativo. É dispensável a licitação para a aquisição de bens e insumos destinados exclusivamente à pesquisa científica e tecnológica com recursos concedidos pela Capes, pela Finep, pelo CNPq ou por outras instituições de fomento a pesquisa credenciadas pelo CNPq para esse fim específico (Lei de Licitações – 8.666/93, Art. 24, XXI). O traço comum nas hipóteses de dispensa de licitação prende-se ao fato de que a competição, em tese, revela-se possível, sendo, como consequência, também possível a abertura de licitação. Em outras palavras, em se tratando de dispensa de licitação, a abertura de licitação é uma faculdade e não uma obrigação para o administrador. Desta forma, o coordenador do subprojeto poderá solicitar a compra de determinado equipamento com a dispensa de licitação (justificando tecnicamente o porquê da escolha do equipamento e da dispensa de licitação) ou através de licitação (anexando três orçamentos ou solicitando a abertura de processo licitatório).

03/03/2015 - 14:12 - atualizado em 05/03/2015 - 09:26
Posso solicitar a compra de equipamentos diretamente para a FAU?

Não. A solicitação de compra de equipamentos deverá ser feita junto a PROPP/UFU. Compete a DIFOM/DIRPE/PROPP analisar a documentação e os saldos disponíveis e solicitar a FAU que compre o equipamento.

03/03/2015 - 14:10 - atualizado em 03/03/2015 - 14:10
Quem autoriza a FAU comprar equipamentos do CT-INFRA?

O coordenador do convênio, ou seja, o Diretor Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação.