Mestrado Profissional

Mestrado Profissional.

Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador

No Brasil, há uma carência de trabalhadores qualificados na área da Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, por isso, este curso de Mestrado Profissional se dirige a uma demanda regional de profissionais trabalhadores do CEREST, da Vigilância em Saúde e da Atenção Primária à Saúde, considerando as políticas do SUS de Educação Permanente em Saúde (EPS), baseadas nas necessidades de transformação das práticas profissionais, construindo estratégias e processos de qualificação da atenção e da gestão em saúde para oferecer melhores serviços de saúde à população.

Portanto, a demanda principal a ser atendida com o curso são profissionais da área da saúde em serviço. Ainda, serão considerados como potenciais candidatos, graduados que ainda não estejam inseridos no mercado de trabalho, mas podem em algum momento serem inseridos, substituindo os quadros profissionais que estarão se aposentando nos próximos anos.

Nas últimas décadas, a industrialização e a urbanização intensa no Brasil causaram profundas modificações ambientais, demográficas e epidemiológicas. A crescente presença de agentes agressivos no ar, água e solo, assim como na alimentação seja na forma de aditivos, pesticidas e dejetos industriais, seja através da introdução de novos hábitos de vida, agrega e/ou potencializa o risco de agravos à saúde.

A profunda crise ambiental de natureza planetária transformou-se em paradigma para todos os campos científicos e tecnológicos e, associada a esses novos contextos, persiste uma crise no ambiente de trabalho, com suas repercussões sobre a saúde do trabalhador, constituindo interfaces complexas que fazem emergir novos desafios para a área da saúde.

A exposição ambiental e ocupacional dos trabalhadores é caracterizada pela multiplicidade de agentes e meios de contaminação, mediada por contextos socioeconômicos e culturais, o que torna ainda mais complexo o reconhecimento de nexos causais, assim como a concepção e a implementação de medidas visando à minimização e/ou eliminação dos riscos à saúde.

Para a saúde, numa perspectiva de produção social da saúde, importa o ambiente considerado mais que a dimensão física ou "natural", também, as dimensões social, econômica, política e cultural, quer dizer, o lugar em que as pessoas vivem: o lugar em que moram, trabalham; os lugares do lazer, como também, o trajeto entre esses lugares.

As condições de saúde são territorializadas, sendo o cotidiano a escala privilegiada de análise e intervenção, ainda que o reconhecimento do território na escala local “não exclui a identificação de relações de verticalidade com outros níveis de decisão que podem influenciar sobremaneira a vida social local”.

Atualmente, os processos de gestão e sistemas de serviços de saúde têm apresentado reconhecidas dificuldades em atuar eficientemente para modificar este quadro, dentro de uma perspectiva de recuperação ou manutenção da saúde dos trabalhadores e dos grupos populacionais vulneráveis, porque as abordagens utilizadas são majoritariamente voltadas para o diagnóstico dos problemas, focada nos agentes (físicos, químicos e biológicos), com predominância de abordagens norteadas pelas noções de Saúde e Ambiente centradas nos aspectos biológicos e biofísicos.

Entretanto, é possível efetivar uma proposta inovadora, considerando a saúde ambiental e a saúde do trabalhador, na qual o ambiente não seja apenas físico-químico-biológico, mas também o ambiente socioeconômico, cultural e psicossocial, realizando diagnóstico e buscando soluções, com a participação dos diferentes sujeitos sociais envolvidos nos problemas, orientada por abordagens inter e transdisciplinares, considerando a integralidade do cuidado na interface saúde - ambiente - trabalho.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Ano de Início Mestrado Profissional: 
2015
Conceito CAPES Mestrado Profissional: 
3
Sigla do Programa: 
PPGAT
AddThis: 

PROFArtes

O PROF-ARTES é um programa de Mestrado Profissional (Stricto sensu) em Artes com área de concentração em Ensino de Artes, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação. 

Instituições de Ensino Superior Associadas:

Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Universidade de Brasília (UnB)
Universidade Federal do Ceará (UFC)
Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal do Pará (UFPA)
Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Coordenado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) o PROF-ARTES tem por objetivo proporcionar formação continuada a docentes de Artes da Educação Básica pública, propondo discussões sobre o papel do ensino da arte na escola e na comunidade.
O curso tem uma estrutura semi-presencial com a oferta de duas disciplinas de fundamentação à distância, três disciplinas obrigatórias e as três optativas, além da realização de trabalho de conclusão orientado de forma presencial.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduacão em Artes (PROFARTES)
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Ano de Início Mestrado Profissional: 
2014
Conceito CAPES Mestrado Profissional: 
4
Sigla do Programa: 
PROFARTES
AddThis: 

PROFLetras

O PROFLETRAS é um programa de pós-graduação stricto sensu em Letras, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação. Ele tem como objetivo capacitar professores de Língua Portuguesa para o exercício da docência no Ensino Fundamental, com o intuito de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino no País. 1.2. O PROFLETRAS é um curso semipresencial com aulas presenciais, com oferta simultânea nacional, no âmbito do Sistema da Universidade Aberta do Brasil (UAB), conduzindo ao título de Mestre em Letras. Ele é coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduacão em Letras (PROFLETRAS)
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Ano de Início Mestrado Profissional: 
2013
Conceito CAPES Mestrado Profissional: 
4
Sigla do Programa: 
PROFLETRAS
AddThis: 

Tecnologias, Comunicação e Educação

O Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociedade é uma proposta do Núcleo de Educação, Comunicação e Tecnologias, amparada no artigo 4º da Resolução 19/2009 do CONPEP/UFU e elaborada por professores das áreas de Comunicação e Educação.

Tal proposta nasce, portanto, na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, que também abriga os cursos de graduação em Pedagogia, graduação em Comunicação Social: habilitação em Jornalismo e o Programa de Pós-Graduação em Educação, com os cursos de Mestrado e Doutorado em Educação.

Trata-se, assim, de uma proposta amadurecida, resultado da experiência da unidade acadêmica com as diferentes áreas de conhecimento, as quais se encontram aqui presentes de maneira interdisciplinar e que, futuramente, poderá abrigar novos cursos nas áreas de interface.

O curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Tecnologias, Comunicação e Educação, em nível de mestrado profissional interdisciplinar, preocupa-se em romper com essa tendência de trabalhos isolados, tem como proposta trabalhar de maneira interdisciplinar as três áreas citadas, de maneira a proporcionar aos estudantes um marco teórico, profissional e docente organizado, coerente e que torne possível a formação de pesquisadores e profissionais especializados na busca por desvendar a complexidade de suas inter-relações.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduação em Comunicação e Educação
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Ano de Início Mestrado Profissional: 
2013
Conceito CAPES Mestrado Profissional: 
3
Sigla do Programa: 
PPGCE
AddThis: 

Ensino de Ciências e Matemática

O Programa de Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática -Mestrado Profissional – é administrado pelo consórcio formado pelo Instituto de Física, Instituto de Química, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal e Faculdade de Matemática.

O Programa é destinado, prioritariamente, a professores do Ensino Básico (Fundamental e Médio) das escolas públicas ou privadas, que sejam graduados em Ciências Biológicas, Física, Química ou Matemática.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Ano de Início Mestrado Profissional: 
2013
Conceito CAPES Mestrado Profissional: 
3
Sigla do Programa: 
PPGECM
AddThis: 

Ciências da Saúde

O Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde é o único Programa de Pós-graduação senso estrito da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia. Ele está situado numa região que abrange aproximadamente dois milhões de habitantes (norte do Triângulo Mineiro, Alto do Paranaíba e sul do Estado de Goiás).

Parte expressiva do desenvolvimento das atividades de ensino e pesquisa do Programa é realizada no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da UFU. Esse é um hospital público formalmente conveniado com a rede do SUS e certificado como hospital público de ensino. Constitui a única referência em alta complexidade para a macrorregião Triângulo Norte (população de 1. 139. 533 habitantes) e desenvolve também ações de média complexidade e de atenção básica.

A produção intelectual do Programa tem contribuído para as ações de saúde da nossa região e do país, como, por exemplo, entre outros: os estudos conduzidos a respeito dos agravos à saúde relacionados com a violência; as pesquisas que avaliam o impacto do alergenos no desencadeamento de doenças respiratórias prevalentes; os estudos que procuram conhecer o impacto na qualidade de vida das doenças crônicas e os estudos que buscam compreender as etiologias das doenças respiratórias virais que são atendidas no Hospital de Clínicas.

Nome do Programa: 
Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Imagem: 
Áreas do Conhecimento (CNPQ): 
Conceito CAPES Doutorado: 
4
Sigla do Programa: 
PPCSA
Ano de Início Doutorado: 
2012
AddThis: