Perguntas frequentes
16/09/2019 - 14:52 - atualizado em 16/09/2019 - 14:52

É proibido entrar com animais nos biotérios da REBIR. Para entrada de materiais, inclusive aos finais de semana e feriados, devo solicitar autorização prévia à coordenadora da experimentação. É PROIBIDA  a entrada de visitantes.

16/09/2019 - 14:10 - atualizado em 16/09/2019 - 14:10

É de responsabilidade do pesquisador (Discente, Docente e Técnico Administrativo) realizar a finalização (eutanásia) dos animais de acordo com protocolo aprovado pela CEUA.

16/09/2019 - 14:25 - atualizado em 16/09/2019 - 14:25

Todo material que está dentro de sacos de pano está estéril. Desta forma, em hipótese alguma, os sacos poderão ser colocados no chão. Os mesmos deverão estar sempre com a boca amarrada e nas prateleiras. Poderão ser abertos SOMENTE dentro das estações de troca.

Caso tenha que colocar água para seus animais: primeiramente certifique-se de que o bico do bebedouro está completamente enroscado/encaixado, e que o mesmo não apresente vazamento. Ainda, que todos os bicos tenham papel alumínio em sua extremidade para garantia da esterilidade da água.

Para colocar água para os animais, devo retirar o papel alumínio da extremidade do bico do bebedouro apenas dentro da estação de troca.

16/09/2019 - 14:05 - atualizado em 16/09/2019 - 14:05

Todas as afirmativas acima são verdadeiras e DEVERÃO ser cumpridas.

16/09/2019 - 14:54 - atualizado em 16/09/2019 - 14:54

Na dúvida, tente resolver o problema e comunique o que foi feito à coordenação da REBIR.

16/09/2019 - 14:11 - atualizado em 16/09/2019 - 14:11

Carcaças deverão ser embaladas em papel pardo e acondicionadas diretamente no freezer pelo próprio pesquisador.

16/09/2019 - 14:18 - atualizado em 16/09/2019 - 14:18

Todas as afirmativas acima são verdadeiras e DEVERÃO ser cumpridas.

16/09/2019 - 14:03 - atualizado em 16/09/2019 - 14:03

Qualquer pesquisador do grupo que tenha realizado treinamento da REBIR poderá receber os animais. As caixas onde os animais serão alojados deverão ser preparadas pelo indivíduo que receberá os animais. O técnico da REBIR juntamente com o indivíduo que irá receber os animais são responsáveis por conferir o sexo dos animais no ato da entrega.

16/09/2019 - 13:59 - atualizado em 16/09/2019 - 13:59

A data da entrega dos animais ao pesquisador poderá variar de acordo com a logística dos áreas de criação e experimentação.

16/09/2019 - 14:00 - atualizado em 16/09/2019 - 14:00

Pedidos que demandam associação de linhagens como: Tipo Selvagem (C57BL/6, BALB/c, 129Sv) e Knockout deverão ser realizados separadamente um do outro, como se fossem dois pedidos independentes. Contudo, no campo Observação deverá ser escrito que os pedidos são pareados.

16/09/2019 - 14:01 - atualizado em 16/09/2019 - 14:01

Pedidos que demandam associação de sexos diferentes (macho e fêmea) deverão ser realizados separadamente um do outro, como se fossem dois pedidos independentes. Contudo, no campo Observação deverá ser escrito que os pedidos são pareados.

16/09/2019 - 14:12 - atualizado em 16/09/2019 - 14:12

Deve ser consultado pelos pesquisadores para quaisquer esclarecimentos relacionados à garantia do bem-estar animal (protocolos de anestesia, analgesia e demais manejos).

16/09/2019 - 14:16 - atualizado em 16/09/2019 - 14:16

Todos os biotérios são de uso comum, assim como os equipamentos e a área laboratorial, que são multiusuários. A utilização é feita mediante agendamento prévio na página da REBIR.

16/09/2019 - 14:51 - atualizado em 16/09/2019 - 14:51

O pesquisador deverá realizar a troca de caixa e fornecer ração e água aos animais.

03/03/2015 - 14:16 - atualizado em 03/03/2015 - 14:16

Facultativo. É dispensável a licitação para a aquisição de bens e insumos destinados exclusivamente à pesquisa científica e tecnológica com recursos concedidos pela Capes, pela Finep, pelo CNPq ou por outras instituições de fomento a pesquisa credenciadas pelo CNPq para esse fim específico (Lei de Licitações – 8.666/93, Art. 24, XXI). O traço comum nas hipóteses de dispensa de licitação prende-se ao fato de que a competição, em tese, revela-se possível, sendo, como consequência, também possível a abertura de licitação. Em outras palavras, em se tratando de dispensa de licitação, a abertura de licitação é uma faculdade e não uma obrigação para o administrador. Desta forma, o coordenador do subprojeto poderá solicitar a compra de determinado equipamento com a dispensa de licitação (justificando tecnicamente o porquê da escolha do equipamento e da dispensa de licitação) ou através de licitação (anexando três orçamentos ou solicitando a abertura de processo licitatório).

02/03/2015 - 16:07 - atualizado em 16/12/2020 - 16:02

Sobre PIBIC, não há modelo. O aluno, juntamente com o orientador têm liberdade para fazer os relatórios, todavia, é necessário seguir as normas da ABNT.

Sobre o PIVIC, as orientações estão disponíveis em http://www.propp.ufu.br/servicos/dirpe-iniciacao-cientifica-voluntaria-f...

Tópicos: 
02/03/2015 - 16:40 - atualizado em 22/03/2019 - 09:25

Sim, contudo a renovação não é automática, o aluno deverá submeter novamente o projeto, podendo ser o mesmo ou outro projeto, outro plano de trabalho que contemple o novo período e se atente para marcar a opção renovação de bolsa no momento da inscrição da proposta no sistema.  Além disso, a renovação somente é permitida no mesmo órgão de fomento, isto é, se a bolsa é FAPEMIG, a renovação terá que ocorrer por edital FAPEMIG.

 

03/03/2015 - 14:27 - atualizado em 03/03/2015 - 14:27

Muitas vezes ocorrem variações no texto de especificação apresentados na proposta e o texto apresentado na proforma, entretanto o item que estiver no orçamento deverá atender ao que está descrito na proposta que foi enviada a FINEP. Somente poderá ser feita alteração de item após solicitação de remanejamento financeiro à agência de fomento e recebimento da aprovação da entidade.

16/09/2019 - 14:04 - atualizado em 16/09/2019 - 14:04

Devo preencher todos os campos do crachá no ato do recebimento dos animais. Experimentos com restrição deverão ser identificados com crachá Azul sobreposto ao crachá branco (dois crachás na mesma caixa). Para cada tipo de experimento deve ser identificado o crachá com um adesivo bolinha de cor diferente, de acordo com diferenças na biossegurança.

16/09/2019 - 14:14 - atualizado em 16/09/2019 - 14:14

Manual de Biossegurança e um Caderno de Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) no aparador do lado do banco de pulo.